Glaycon Franco apoia piso nacional da educação para servidores de Minas

O deputado Glaycon Franco assinou, nesta terça-feira (17/04/18), a Proposta de Emenda à Constituição n. 49/2018, que insere na Constituição de Minas Gerais, a obrigatoriedade de o estado de Minas Gerais pagar aos servidores da educação o piso nacional previsto em lei federal.

O texto da proposição foi entregue por deputados presentes em uma solenidade na Assembleia Legislativa, que contou, também, com representantes do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE).

A PEC insere o artigo 201-A à Constituição Estadual, assegurando que o vencimento inicial das carreiras de professor de educação básica, especialista em educação básica e analista educacional na função de inspetor não será inferior ao piso.

O presidente da Assembleia, deputado Adalclever Lopes (PMDB), afirmou que a proposta será tratada com seriedade e com a maior celeridade possível. “Tenho a honra de participar ao lado dos servidores de mais um avanço”, disse ele, ao avaliar que a categoria conseguiu importantes conquistas.

Segundo Glaycon Franco, “A conquista é de todos nós. O servidor da educação bem remunerado faz justiça à importante função que desempenha. Precisamos avançar mais, mas este já é um grande passo”.

A proposição foi avalizada pelos participantes da última assembleia da categoria, realizada pelo Sind-UTE na terça-feira (10/04/2018).

Admin Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *