Proposta do Governo não agrada os caminhoneiros e greve deve continuar nesta sexta

Pelas redes sociais manifestantes demonstram descontentamento com proposta do Governo e greve deve ser mantida nesta sexta

Após uma reunião de mais de seis horas com representantes de entidades de caminhoneiros, os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil), Carlos Marun (Secretaria de Governo), Eduardo Guardia (Fazenda) e Valter Casimiro (Transportes) anunciaram na noite desta quinta-feira (24) a proposta do governo de um acordo para a suspensão da paralisação da categoria, que há quatro dias provoca bloqueios de rodovias e desabastecimento em todo o país.

Ao saberem dos termos do acordo proposto pelo Governo, o descontentamento foi geral entre os manifestantes, pois o Governo não chegou nem perto da pauta de reivindicação da categoria que é:

– O fim das altas consecutivas dos combustíveis
– A redução do preço do óleo diesel, da gasolina e do gás de cozinha
– O congelamento geral dos preços.
Nesta queda de braço o Governo Federal está perdendo a batalha e se não agir rápido poderá haver fissuras piores no Governo que não desde o inicio da paralisação dos caminhoneiros vem batendo cabeça.
Nesta guerra, quem tiver mais folego sobreviverá.

Admin Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *