Missa cantada homenageou Aleijadinho e Dom Silvério

Arte, cultura, conhecimento, fé e devoção se uniram durante uma missa cantada, celebrada na noite dessa terça-feira, 28, na Igreja da Matriz de N. Sra. da Conceição. A celebração, que contou com a participação do Coral Cidade dos Profetas, homenageou os 280 anos de Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, e faz parte do 6° Tributo a Dom Silvério. Alunos das escolas municipais Fortunata de Freitas Junqueira, Michael Pereira de Souza, José Monteiro de Castro e Judith Augusta participaram do ofertório. Também estiveram presentes o prefeito Zelinho e o secretário de Cultura e Patrimônio de Ouro Preto, Zaqueu Astoni.

O Coral Cidade dos Profetas fará um Concerto Especial de Música Colonial nesta quarta, 29, às 20h, na Igreja São Francisco de Assis, em Ouro Preto. A apresentação marca a parceria entre a cidade ouro-pretana e Congonhas para comemorar o nascimento de Aleijadinho, que deixou um valioso legado.

Neste mesmo dia, a E.M. Engenheiro Oscar Weinschenck recebe, a partir das 18h30, o Tributo a Dom Silvério, o primeiro bispo negro da Igreja Católica.

O padre Paulo Barbosa destacou a história de Aleijadinho, filho da escrava Isabel e do carpinteiro Manuel Francisco Lisboa: “Aqui em Congonhas ele deixou a maior expressão da arte barroca, no Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos”. O pároco também reforçou o legado de Dom Silvério, um menino pobre e negro que se destacou na área do conhecimento. “Chegar a mais um tributo a Dom Silvério é para nós é uma grande obra de amor a Deus, é perceber o quanto nossa cidade de Congonhas se coloca na humanidade. É importante engrandecer tudo o que de bom aqui acontece. Vamos agradecer os vultos do passado, Aleijadinho, Silvério, e que cada um seja construtor da história do seu tempo presente, seja dentro da igreja, na sociedade, na construção de um mundo melhor”, completou.

O prefeito Zelinho parabenizou os trabalhos desenvolvidos pelo padre Paulo Barbosa em Congonhas, que chegava à cidade há nove anos. “Agradeço o padre Paulinho por esses nove anos aqui em Congonhas. Muito obrigado por tudo que o senhor vem fazendo em prol da nossa cidade. Nesta semana comemoramos o aniversário de Aleijadinho, o Tributo a Dom Silvério, e nove anos da chegada do padre Paulinho. Que o senhor continue por muitos anos em nossa cidade, parabéns!”, disse.

Admin Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *