Lafaietenses se unem, criam grupos de wathsapp e prometem lutar até o fim contra o aumento da passagem de ônibus em Lafaiete

O anúncio de que falta apenas a realização de uma audiência pública e a sanção do prefeito para que a Viação Presidente concretize o aumento da passagem de ônibus em Lafaiete, para R$ 3,70, pegou muitos usuários de surpresa. Mobilização e revolta foi a reação imediata da população que pretende lotar a Câmara Municipal no dia da realização da audiência pública que é condição para a conclusão do processo de aumento da passagem em Lafaiete, conforme prevê lei municipal. Estudantes, donas de casas e outros tantos Lafaietenses criaram e participam de grupos de Wathsapp para que possam organizar um movimento que pretende exigir a abertura da caixa preta da Viação Presidente, evitar com que o aumento da passagem aconteça e cobrar melhoria na prestação do serviço de transporte público.

No momento o pedido de aumento da passagem está sendo analisado pelo Conselho Municipal de Transportes, órgão responsável por emitir o parecer e realizar a audiência pública.

2018 foi marcado por muitos quebras de veículos da Viação Presidente

Nossa reportagem ouviu populares sobre o assunto e o estudante de administração, Matheus Reis, destacou que podemos ver que o aumento de quase 23% no valor da passagem de ônibus é surreal, há aumentos consecutivos na passagem, as vezes 2 vezes anuais, há necessidade do poder público deixar de defender interesses particulares e/ou privados e olhar a população, tanto Legislativo, quanto Executivo e Judiciário. Não temos o retorno destes valores pagos em qualidade de serviço! Ainda segundo o estudante a prestação de Serviço da Presidente infelizmente não está atendendo com qualidade e dignidade os usuários pela qual ela ganhou a licitação de serviço para fazer, nos mais de 120 bairros do município, ainda há lugares onde não se passa ônibus, horários escassos, ônibus com péssimas qualidades e estados de conservação, há necessidade de renovação e investimento, afinal é transporte público, precisa de atender a todos. Por isso não justifica esse aumento para o valor de R$3,70, por que não há retorno de investimento com qualidade para os usuários, ressalta Reis.

O advogado Renato Lisboa ainda afirmou que é inaceitável o que a Viação Presidente vem divulgando nos meios de comunicação onde justificam que precisam aumentar a passagem para terem poder financeiro para melhorar a qualidade da frota e, por conseguinte melhorar a prestação de serviços aos usuários. Segundo Lisboa a relação de consumo traz uma obrigação diferente, primeiro a empresa oferece um serviço de qualidade, com conforto e que traga satisfação aos usuários e depois pode ser até justificável um aumento, desde que seja razoável e justo. Porém segundo Lisboa, não é o que esta empresa vem fazendo com o Lafaietense, a prestação de serviço é uma das piores, a população não tem conforto, a pontualidade do trafego em várias linhas é questionável e principalmente a condição de segurança dos veículos que invariavelmente são motivos de notícias na imprensa local preocupa a população. Talvez seja chegada a hora de uma intervenção do município na empresa, como a concessão é municipal o município acaba sendo diretamente responsável por esta péssima prestação de serviço que o Lafaietense convive a bastante tempo. É necessário dar condições para que os usuários do transporte público possam pagar a passagem. A população não aguenta mais aumento de carga tributária, impostos e custo de vida,  finaliza Renato.

Para quem quiser entrar no grupo de Wathsapp criado pela população para discutir sobre o aumento da passagem de ônibus, basta clicar neste endereço: https://chat.whatsapp.com/FFV3A0oLAojB1m61c0gWRS

Nos próximos dias saberemos quem vencerá essa queda de braço, onde de um lado se encontra a população e do outro a Viação Presidente que é a detentora da concessão do transporte coletivo urbano de Conselheiro Lafaiete.

Admin Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *