Com laços em Lafaiete atleta do Judô precisa de ajuda para disputar Campeonato Brasileiro na Bahia

Bisneta da falecida professora Maria Denise Melillo Monteiro Lisboa, Maria Eduarda Rodrigues Lisboa ou simplesmente como gosta de ser chamada Maria Lisboa é campeã mineira e classificou no último dia (9) em primeiro lugar na seletiva para o Campeonato Brasileiro da categoria que acontecerá na cidade de Lauro de Freitas na Bahia entre os dias 12 a 15 de abril. Porém de família humilde, a judoca precisa de patrocínio para continuar correndo atrás do seu sonho que um dia é representar o Brasil em uma Olimpíada.

 

Segundo Maria Lisboa, a mesma não está satisfeita com os resultados alcançados até aqui, pois almeja novas conquistas. “Para uma atleta, a busca da melhoria deve ser constante. Estou comprometida na busca de excelência no Judô e para isso tenho como meta esse ano buscar novos cursos e treinamentos dentro e fora do estado, pois o sucesso não é apenas definido nos resultados dos campeonatos, mas sim na qualidade do esforço feito em treinos e competições”. finaliza a jovem atleta.

Conheça as principais conquistas da atleta:

2019

Torneio Início – Belo Horizonte – Seletiva para o Brasileiro Região III – 1º lugar

 2018

Campeonato Sul-americano das Ligas de Judô – 1º lugar

Campeonato Brasileiro das Ligas de Judô – 1º lugar

Campeonato Mineiro das Ligas de Judô – 1º lugar

Campeonato Mineiro da Federação – 1° lugar

 2017

Campeonato Brasileiro das Ligas de Judô – 2º lugar

Campeonato Mineiro da Federação – por faixas – 1º lugar

Campeonato Mineiro das Ligas de Judô – 1º lugar

Campeonato Mineiro da Federação – 1º lugar

2016

Campeonato Mineiro da Federação – 1º lugar

Campeonato Mineiro das Ligas de Judô – 1º lugar

 

  • NO ÚLTIMO SÁBADO, DIA 09/03 A ATLETA PARTICIPOU DE SELETIVA, NA CIDADE DE BELO HORIZONTE, FICANDO EM 1º LUGAR E, COM ISSO, OBTENDO VAGA PARA O CAMPEONATO BRASILEIRO REGIÃO III, QUE ACONTECERÁ EM LAURO DE FREITAS, BA, ENTRE OS DIAS 12 E 14 DE ABRIL DESTE MESMO ANO.

Quem eu sou

Nascida e criada na cidade de Itamonte (sul de Minas Gerais), meu primeiro contato com o Judô foi aos 2 anos de idade ao assistir algumas crianças treinando e naquele mesmo momento já demonstrei interesse para o esporte, que na verdade não passava de uma brincadeira para mim naquela idade.  Foi assim durante 2 anos, solicitando sempre que passava em frente ao local de treino, que minha mãe entrasse comigo para ficar assistindo.

Foi então que, aos 4 anos de idade iniciei no esporte e, tudo que parecia apenas uma brincadeira, foi ficando cada vez mais sério, pois me divertia nos treinos e desde cedo adorava competir e pedia a minha mãe para participar de todas os campeonatos que aconteciam em nossa região.

Aos 8 anos de idade fui, pela primeira vez a uma competição da Liga Mineira de Judô: a 4ª Etapa do Campeonato Mineiro, na cidade de Mariana – MG, onde fui campeã em minha categoria.

Desde então tenho o judô não só como um esporte por lazer, mas como uma filosofia de vida. Sempre digo que quero seguir carreira e me tornar uma atleta profissional.

Faixa verde, atualmente sou Campeã Mineira na categoria meio leve (-34), título esse que conquistei nos últimos 3 anos. Também obtive a 2º colocação no Campeonato Brasileiro das Ligas de Judô em 2017, em Recife-PE; 1º lugar no Campeonato Brasileiro das Ligas de Judô em 2018 e 1º lugar no Campeonato Sulamericano das Ligas de Judô em 2018, ambos na cidade de Mariana- MG; e participação no Campeonato Brasileiro Sub-13 da Confederação Brasileira de Judô em Campo Grande- MS.

Com a ajuda de um patrocinador pretendo continuar me dedicando aos treinos, participar de cursos dentro e fora do estado além de auxiliar nos gastos em competições, principalmente fora do estado (transporte, hospedagem, alimentação, inscrição).

As necessidades da atleta

 Apesar do Judô ser um esporte bastante conhecido, não há muito incentivo para atletas amadores, principalmente na minha idade. Mas creio que é justamente nessa fase que preciso me preparar para ter uma boa base e poder alcançar meu objetivo de tornar uma atleta profissional. Não recebo nenhum valor nas competições que participo, como acontece em alguns esportes. Ao contrário, o atleta é quem tem que arcar com as despesas. No ano de 2018 eu gastei cerca de R$ 6.000,00 com inscrições, alimentação, transporte, hospedagem, kimonos. Em 2019 já investi aproximadamente R$ 1.500,00 (inscrição, transporte e alimentação) em um curso com o Campeão Mundial e vice-campeão Olímpico Tiago Camilo, na cidade de São Paulo.

Para continuar a ser competitiva e melhorar a cada dia como atleta estou em busca de um patrocinador que possa me ajudar com estes gastos

Proposta de Patrocínio

Para este ano pretendo conseguir patrocínios mensais que possam me auxiliar não somente nas grandes competições fora do estado, mas também em um maior preparo nos cursos que poderei participar durante o ano, além das competições.

Diante disso tenho algumas opções de patrocínio:

  • Valor mensal a ser depositado em minha conta ou recolhido pela representante legal (Claudia Rodrigues Lisboa – mãe da atleta);
  • Ajuda com alguma das despesas específicas em treinamentos ou competições (passagens, hospedagem, alimentação, inscrição).

A atleta compromete-se a realizar prestação de contas sobre os valores recebidos e como foram utilizados

Maria Eduarda Rodrigues Lisboa

Caixa Econômica Federal

Agência: 3350

Conta: 610-0

Tipo: 013

Admin Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *