A comunicação pelo olhar

A comunicação pelo olhar

*  Renato dos Santos Lisboa

Frederico, gerente de uma loja de artigos para presente e perfumaria, tinha um contratempo. O seu mais novo colaborador tinha o costume de resistir em ir laborar, além de ficar toda a jornada de trabalho proseando ao invés de produzir no seu setor que era o de vendas. Como isso sucedia em boa parte do período, Fred estava desapontado. Teria ele que o intimidar com um comunicado, perturbando lhe no encontro da equipe que se seguisse ou aguardar que o seu julgamento após ler a sua avaliação de desempenho tivesse resultado? Para a sua felicidade, Fred não fez nada disso. Pelo contrário, ele resolveu se expressar de forma presencial – cara a cara – e olhos nos olhos.
“Um dia eu o convidei para uma conversa reservadamente e falei: ´Você consegue ser uma pessoa de muito sucesso e isso poderia ter início neste exato momento e neste lugar. Você está permitindo que os dias passem e isso não está lhe trazendo nada de valor`”. Pelo truque da comunicação visual, Fred alcançou o seu objetivo e fez com que o rapaz entendesse que o seu discurso era real. A comunicação pelo olhar atuou tão bem que, no mês seguinte, a atitude do jovem se transformou e o fez o vendedor mais eficaz daquele estabelecimento. Ao invés de usar da advertência escrita, Fred persuadiu com a comunicação visual.
A comunicação pelo olhar é uma junção visual definida na qual dois seres humanos fazem a leitura pelo olhar uma da outra, ou seja, olha nos olhos da outra pessoa. Uma conexão bastante comovente é estabelecida quando dois cidadãos trocam olhares ao mesmo tempo. Provavelmente isso acontece porque a retina é um derivado do cérebro anterior, trocar olhares não nos afasta de enxergar a nossa própria mente. Talvez seja esse o segredo do sagrado Olho de Hórus, o Udjat culto do antigo Egito, tinha muitos sentidos substanciais como atributo de proteção, do astro rei, o sol e da lua.
Um dos elementares atributos da filosofia hindu é o Terceiro Olho, que se dispõe no centro da testa divina de Shiva, cutuando como o vital e devastador dos firmamentos. Na área empresarial, enxergamos como a atitude de Fred consertou a conduta e a eficiência do seu colaborador. Assim, como Shiva, contudo, a comunicação visual pode ser devastadora.
Certa vez eu presenciei uma cena lamentável. O presidente de uma grande empresa adentrou abruptamente na sala de reuniões onde estava toda a diretoria aguardando-o para iniciar uma reunião de rotina quando ele olhou para o diretor de comunicação e o demitiu. Lembro-me bem daquele olhar, ele parecia fuzilar o diretor de comunicação que esboçou uma reação, mas fora impedido de continuar após o presidente levantar a mão com a palma pronada (voltada para baixo) para impedir que o diretor de comunicação continuasse e logo em seguida virou a face e consequentemente o olhar. Naquele instante a comunicação visual já definiu que aquela decisão estava tomada e era sem voltas e o assunto estava terminado. Ao virar a face e desviar o olhar foi como se houvesse dado um check mate, ou seja, “Você realmente está fora do nosso time.”
Com esse exemplo compreendemos que no mundo corporativo a comunicação pelo olhar serve para expressar situações positivas, assim como também situações negativas. Ao expor a ligação entre pessoas, o olhar é capaz de na mesma intensidade consertar quanto arrasar ambientes. Este artigo examina os olhos, que possuem a dimensão de uma bola de golfe, e cujos processos, circunstancias, pupilas e localização das pálpebras mostram bastante a respeito das sensações, ideais, vitalidade e condição de espirito. Possuímos uma habilidade formidável de enxergar nos olhos das pessoas para analisar seus atuais aspectos emocionais. O que é um atalho no horizonte e o que ele quer falar no serviço? Em comunidades, como a relação visual chinesa difere do jamaicano, australiano ou brasileiro? Por qual período temos que olhar para as pessoas ao nosso redor? Ao encontrar as explicações para estes questionamentos, você compreenderá como ver a mente das pessoas pelo mirante da visão – e do mesmo modo, conhecerá o que os seus singulares olhos podem estar manifestando.

_______________________________________________________________________________________________________

* Advogado responsável pela maior negociação Trabalhista do Brasil, é Mestrando em Administração. Pós-Graduado em Administração Pública, Gestão Urbana, Gestão de Pessoas, Direito do Trabalho e Previdenciário, Master Coach Executivo e de Negócios, com formação Profissional em Wellness & Health, Global Coach Certification©, Leader Coach, Trainer de Analistas Comportamentais, certificado pela IBS/FGV, Leader Art e Sebrae. Mentor de comunicação e comportamento. Experiência de mais de 10 anos em empresas nacionais de grande porte, com atuação na estratégia do negócio, abrangendo projetos relacionados à cultura e desenvolvimento organizacional, gestão de mudanças, coaching de executivos e carreira, compreendendo mapeamento de competências, avaliação de desempenho, gestão de clima, planos de atração, sucessão e retenção de talentos, e Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas. Atua como palestrante, facilitador de programas de desenvolvimento de líderes e consultor empresarial de reestruturação organizacional e implementação de políticas e procedimento de pessoas, além de ser jornalista e consultor para assessorias de imprensa.

Admin Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *